Vamos Passear no Bosque?

Hoje a busca por tratamentos naturais para manter a saúde, e mesmo para curar doenças, cresce na medida em que se amplia o conhecimento sobre os males das drogas artificiais e o poder curativo das plantas.

Respirar no Bosque do Silêncio

Respirar no Bosque do Silêncio

O que pouca gente sabe é que uma simples caminhada num bosque, pode dar um “boost” na saude mental, emocional e física. Qualidade de vida é poder apreciar calmamente o que a Natureza tão empurrada pra fora das cidades tem a oferecer.

Dezembro é um mes de comemorações, de fazer planos, mês de pensar nas férias e no verão. É uma ocasião maravilhosa para você respirar ar puro e usufruir dos efeitos curativos que andar entre as árvores e ouvir o canto dos pássaros pode proporcionar. Num bosque todas as plantas funcionam como um verdadeiro purificador de ar e alí, apenas respirando você pode melhorar a saúde e eliminar de vez o stress.

Respirar é o ato primordial da vida e um aliado quando a idéia é saude e bem-estar. Fazer exercícios respiratórios simples num bosque purificam seu sangue, clareiam a mente e inspira. Lembre-se respiração é vida, vamos usa-la à nosso favor.

Respirar controla a emoção e a saúde

Respirar controla a emoção e a saúde

Sabia que o controle da respiração fazia com que os monges do Tibet pudessem subir altas montanhas sem ficar cansados ou ofegantes? Sabia que todo o nervosismo antes de uma reunião, prova importante ou daquele encontro pode se transformar em serenidade e auto-confiança apenas pela arte de respirar? Sim a respiração pode controlar as emoções.

Ao entrar num bosque, preste atenção na respiração enquanto caminha. Comece esvaziando os pulmões encolhendo a barriga completamente, até não sobrar nenum ar.  Esvaziar os pulmões completamente é uma prática esquecida o que faz com que sempre haja um resíduo de gas carbônico nos pulmões o que compromete a oxigenação do sangue.

Lembre que o oxigênio absorvido pela respiração é o maior responsável pela eliminação das toxinas do sangue. Inspire naturalmente e repita o esvaziamento completo. Procure andar lentamente tentando coordenar o número de passos com expirar e inspirar.

Quando tiver alcançado seu rítimo e a respiração estiver lenta e profunda, tente reter por dois segundos ou mais a respiração quando o pulmão estiver cheio, o que contribui para a oxigenação do sangue, eliminação de toxinas e vitalização. Pode ser assim: expire durante seis passos; inspire durante quatro e retenha durante dois passos. Na respiração vitalizadora não retenha com o pulmão vazio.

Esta respiração é solar, positiva, energizante e vitalizadora. Pode ser feita também sentado, mais de preferência num ambiente com ar puro, onde sem poluição, como acontece numa floresta ou aqui no Bosque do Silêncio. Sempre que se sentir desanimado, cansado, com dor de cabeça, estiver convalescendo, pratique esta respiração por 10 minutos e observe a diferença.

Todo exercício de controle ritimado da respiração proporciona calma, energia e bem estar.

Comentários

Comentários

Powered by Facebook Comments